Depressão com Poesia

Vidas distraídas

Dizem que os melhores momentos acontecem quando estamos distraídos.

Distraídos nos contos e fábulas

Nas películas do filme de horror

Comendo pipoca

Quando o leite derrama e você está vendo o último capítulo do final feliz.

Distraídos com os patos na lagoa

Com o pensamento do beijo da amada

Amarrando sapatos

Empurrando carrinho de bebê

Decidindo a cor do cabelo

O cardápio de Natal.

Agora, quando entram questões

A distração dá lugar para a confusão…

O que você vai ser quando crescer?

Dizem que o trabalho dignifica o homem. Que Deus ajuda quem cedo madruga. E prosas sem fins.

Veio a escravidão, o êxodo rural, a industrialização, a robotizacão, e fatos afins.

E o homem continua distraído

Com os fast food, fãs de Hollywood

Domingo Legal e Carnaval.

O que você vai ser quando crescer?

Enquanto uns se distraem outros são destratados, e outros disfarçados lucram com o luto e com as labutas.

O que é dignidade?

Viver irrefletidamente pode ser mera distração alucinógena.


Veja também essa arte e reportagem na DW de 03.08.2017.

A evolução do trabalho ao longo da história

Homens modernos,

induzidos a sermos exímios trabalhadores, agora não há mais vagas,

era das máquinas.

De portas fechadas não sabemos como usar o tempo livre.

Como disse o poeta Carlos Drummond de Andrade:

E agora José?

9 thoughts on “Vidas distraídas

  1. Estou gostando em demasia de seus posts com cunho político…uma revelação por detrás da depressão…esta não derruba quem sangue a pulsar no coração e a vibrar na alma…

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: