Decomposição na cadeia alimentar

Agro sem Cultura

Escorre entre os dedos
O caldo da manga
Amarelo
Adocicado
Abundante
Miséria
Tóxica
Espalhada
De norte a sul
Inspira
Respira
Come
Veneno
Da mata

Agro com Negócio

Formosa
Manga
Do fazendeiro
Do braço ao punho
Se vê dinheiro
Mais rápido
Mais belo
Maior
Quanto mais
Ingerido
Melhor destrói

Agro mais Tóxico

Duráveis nas
Prateleiras
Vendáveis na
Televisão
Fungos não chegam perto
Cultivada para
Selar humanos
No caixão.

Continue lendo “Decomposição na cadeia alimentar”

Quem bebeu?

Me dê a mão vamos brincar

Lá em cima do piano

tem um copo de veneno

Quem bebeu morreu

o culpado não fui eu.
Lá em cima do piano

tem um copo de inveja

Quem bebeu morreu

o invejoso não fui eu.
Lá em cima do piano

tem um copo de verdade

Quem bebeu morreu

o sincero não fui eu.
Quem bebeu?

Quem bebeu?

Quem bebeu?
Não fui eu

Não fui eu

Não fui eu
Perdi.

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença

Creative Commons – Atribuição 4.0 Internacional