Depressão com Poesia

A plataforma

Em época

De olhos nas mãos

A plataforma

Que você mais navega

É a que define seu perfil

Lá está o seu palanque

Onde discursa

Até no silêncio

Lá borbulham suas curiosidades

E seus clamores de saudade

Lá você pesca e é fisgado

Lá é o paraíso e o inferno moderno

Que acontecem aqui e agora

Enquanto tentamos nos entender

Sem afundar no poço

Do tudo posso

Em busca do Todo

Estamos ligados

Trabalhando e sendo trabalhados

Pela rede

Pela sede

De NADAr.



e-books por Cristileine Leão

Direto do túnel do tempo

Como a vida é generosa que por vezes nem imaginamos.

Estou aqui escrevendo para vocês com lágrimas de alegria. Por anos a fio passei longe das redes sociais. Por achar perda de tempo, futilidade, falsidade e aquilo tudo a mais…

No auge da depressão nem se fala, receber uma mensagem e ter que responder era um martírio.

Para minha surpresa hoje recebi essa

Fiquei tão, mais tão contente, não só por ser lembrada por pessoas especiais na minha vida, como também pela atitude dela de me contatar, como por reviver aqueles momentos quando ainda era uma juvenil cheia de sonhos e garra há mais de 20 anos atrás.

Porém, uma coisa é certa, toda essa movimentação do universo para nos colocar em contato foi possível graças as redes sociais.

Tudo isso veio a calhar com alguns pensamentos que cada vez mais se reforçam na minha vida:

  • Não é o instrumento, é o uso dele que faz a diferença.
  • É necessário testar os nossos preconceitos.
  • Todo movimento começa com o primeiro passo.
  • Todo resultado refletem nossas escolhas.