De onde vem?

Será o Benedito

Não descobrir

De onde vem essa dor?

É crônica senhora

De cunho emocional…

A cronologia não nega

O que aferroou você

Já o subconsciente

Esse nunca está contente

Até apresentar seu ser

À você

Eis o princípio do prazer

Ferindo

O princípio da realidade

Que fica desalentado

Com o inusitado

Até o resplandecer.


* Será o Benedito = dito popular que expressa incerteza e/ou surpresa. Surgido quando o presidente Getúlio Vargas demorava para escolher seus líderes. Então a população especulava: Será o Benedito (Valadares)?

* Princípio do Prazer e Princípio da realidade = termos cunhados pelo psicanalista Sigmund Freud.


O princípio do prazer

SONHO que o tempo não desfaz

O meu coração me diz

Fundamental é ser feliz


Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

O prazer do banho

Hoje quero relembrar sobre banho. Bom para saúde e para a alma.

Como assim? Tem coisa mais gostosa que um banho quentinho no fim da tarde para mandar o estresse para o ralo? Ou, aquela ducha fria num dia estenuante de sol?

Chorar no banheiro, cantar no banheiro…

Um momento para nos cuidar, nos tocar, nos observar, nos limpar, um tempo para nós.

Por essas e outras, especialmente pela absoluta falta de energia, que um depressivo foge do banho. Quando a vida não apresenta mais significados não há água que atraia.

O mais importante saber é que depressão tem tratamento, e que, podemos sim voltar a ter prazer em tomar “um banho de água fresca no lindo lago do amor”.

Vamos aos textos do REMEMORANDO:

Banho quente

Poema um tanto melancólico

Banho de chuva

Prosa sobre a infância

Continue lendo “O prazer do banho”