Depressão com Poesia

Passeio no fundo do mar.

Na noite passada
Deitei ao som da chuva

Abri os ouvidos além tímpanos

Entreguei-me a sublime melodia

Fecundado a terra.