O ser e o horizonte

O horizonte existe?

Qual horizonte se vê

Quando se está triste?

A vida é assim contraditória

Te põe um sonho e diz

Volte outra hora

Mas só sabemos disso

Porque somos seres pulsantes

Seres inconstantes

Que ama a beleza

Mas se vê encurralados

Diante das emoções

Buscando razões

Nem sempre existentes

Ou em negações

Para sustentar o

Isso não te pertence mais

A tinta da parede vai sujar

A casa vai acabar

O capitalismo

Vai ser substituído

Já os sonhos

Ah os sonhos!

Eles vão continuar nos alimentando

De que dias melhores virão

E vêm

Ainda que não tenhamos discernimento

Para recebê-los…

Quando estiver caído

Lembre-se sempre

Dos significados


Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

Para as mães que não poderão abraçar seus filhos

Queridas mães,

Eu sei que o desafio dos seus dias são muito maiores do que qualquer um pode imaginar.

Também sei que a palavra saudade ficou muito insignificante diante de você, pois, não há palavras que possa mensurar seus sentimentos.

Mas, gostaria de te lembrar alguns fatos que nada e nem ninguém pode lhe tirar:

  • Não existe ex mãe
  • Você é/foi eterna na vida de alguém
  • Você deu a vida para alguém
  • Você tem vida.

Continue lendo “Para as mães que não poderão abraçar seus filhos”