Depressão com Poesia

Rio III

Ninguém entra no rio

Há medo de se afogar

Há medo de ser levado

Trocam as correntezas

Pelas correntes

A respiração aquática

Que rima em cada

Entrar e sair de cabeça nas águas

Pela apática poluição do ar

É preciso amar

Para andar nas águas

Mas é mais fácil

Abraçar a solidão

Do que a solicitude

Atitude é pôr os pés no rio

Ainda que esteja frio

E não veja o princípio

E nem o fim

Sem temer o leito

Porque o que está no peito

Faz flutuar

É só ir

Repito sorrir

Mesmo quando achar

Que o aMar é Morto

Que o Ti-e-Tê não tem mais jeito

E que é só você

Quem não sabe

Nadar no sorriso

Ah! Vá!

O Rio de já

Continua lindo

Quando se conhece e acolhe

Todo o Ama.zonas

Que nasce na Cordilheira dos

Andes.

“Nenhum homem pode banhar-se duas vezes no mesmo rio, pois, na segunda vez o rio já não é mais o mesmo, nem tão pouco o homem”
Heráclito de Efeso

Heráclito de Efeso


  • O Mar Morto é um lago salgado no Oriente Médio, é o ponto mais baixo de terra seca do planeta Terra, sua água hipersalina permite a flutuação, o nadar sem afundar…
  • O rio Tietê passa por quase todo o Estado de São Paulo de leste a oeste, é o rio mais poluído do Brasil, especialmente na capital, em algumas outras cidades é possível ainda pescar e nadar nele.
  • O Rio de Janeiro continua lindo é parte da música Aquele Abraço de Gilberto Gil.
  • O rio Amazonas, na América do Sul, é o maior rio do mundo em extensão e volume. Nasce na Cordilheira dos Andes junto com o vulcão Misti.

Outras poesias com o tema rio:

Rio I

Rio II

Deixa Fluir

17 thoughts on “Rio III

  1. Diz-se que quem não arrisca não vence. Com frio ou com medo, você tem que atravessar o rio.
    Há 10 anos estive em São Paulo e conheci o rio. Passei algumas noites maravilhosas com as amazonas. Uma lembrança inesquecível em seu Brasil incomparável.
    Ótimo seu poema. Adorei a igusl que é sua nova foto. Um bom fim de semana para você e sua família. É preciso ter cuidado porque na Europa os surtos estão causando muitas infecções.
    Um abraço
    Manuel Angel

  2. Incomparável… disse tudo! Nesse tempo de afastamento a saudade aperta ainda mais. A saudade é a insônia diurna…Mas, por aqui, a regra é ficar em casa de novo.
    Tenha bons sonhos poeta🙋🏽‍♀️

  3. Heráclito é fascinante… Talvez, no seu tempo, assim como o Rio, não soubesse disso… Me lembrei de Shopenhauer: ‘a fama e o cabelo crescem quando não precisamos mais deles’..

  4. A frase atribuída a Shopenhauer, na verdade, é do personagem Dedo Torto (que personifica Shopenhauer), do filme A excêntrica família de Antônia,

  5. É imperativo cuidar de si mesmo. É o que os que estão ao nosso lado precisam. Bom para você. Você é uma mulher extraordinária.

  6. Pueril e solitário córrego. Me encontrei rio. Me juntei em outros de nós… oceanos.

  7. “Aqui nasce o Rio Amazonas”, sim, eu preciso, entre milhares de fotos em papel, reencontrar essa foto na qual atravesso com uma larga passada o futuro gigante entre gigantes, no Peru, no meu tempo de mochileiro, e a humilde placa ao lado, indicando, prenunciando a grandeza do rio.

    Perdi dois irmãos, rapazes sadios, em quatro meses e meio: Nova Almeida, ES; Dom Joaquim, MG. Assim, debaixo da água.

    Gostei de sua “vazão” ao falar dos rios. Tenho em alta conta o poema-livro do João Cabral de Melo Neto – O Rio.

    Aquele abraço.
    Darlan

  8. Meio à recente mudança pode ser fácil, como pode não ser, encontrar a vida, ops, a foto. Risos.
    Tenho sonhado bastante com rio, escrevo pra ver o que esse inconsciente está tentando vazar.
    Meus sentimentos por seus dois irmãos que foram nadar em outros afluentes, por fim todos confluem… é o curso.
    Boa semana pra vocês Darlan.

  9. Não recomendo assistir na presença dos filhos… A abordagem é deveras realista, mas, um tanto quanto pesada para pré-adolescentes.

Sua opinião agrega: comente aqui 🔄

%d blogueiros gostam disto: