Depressão com Poesia

Pesadelos

Dentes caídos

Tempestades sem fim

Cobras à espreita

Vadiagem sem suspeitas

Quedas no precipício

Reprovas na escola

Choro sem consolo

Trapaças e seus afins

Solidão com garras

Perseguição com olhos

Grito sem voz

Nu no auditório

Afogar no mar

Delírios noturnos

Assombrosos

Pesadelos

Sinais de alerta

De revolta

De elaboração

Da limitada

Compreensão

Existencial

Odiados pesa.delos

Tão necessários

Quanto o medo

A nos balançar

Do berço



e-books por Cristileine Leão


Flores cantam Poesias: fotografias e poemas

para apreciar a beleza

As Pegadas do Jabuti

para crianças e para quem gosta de autoconhecimento


Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

2 thoughts on “Pesadelos

  1. Meu Deus que intenso isto!Quem de nós ja nao teve pelo menos metade destes pesadelos!Eu realmente amo a maior parte dos seus textos!

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: