Depressão com Poesia

Paz – Especial -Desafio Literário

Atendendo ao Desafio Literário, dessa vez proposto por Sandro Ernesto do blogue Panografias, o tema da vez é PAZ, abaixo segue meu poema A Paz e o Caos. É bem interessante perceber a peculiar visão de cada um, passe lá para ler os links, já têm várias participações, mais que isso, sugiro que participem para agregar nossa Ágora moderna.

Cá vão as regras:

1. Escreva uma poesia nova sobre o tema “Paz”.

2. Publique em seu blog ou em qualquer outra mídia como Facebook, Twitter, Instagram, Tumblr, etc, mencionando no topo do texto “Desafio Literário” e o link para essa publicação, pra que outras pessoas possam ver as regras e participar também.

3. Deixe aqui nos comentários, o link da poesia que você escreveu pra esse desafio, assim todos poderão visitar e ler a poesia de todos os participantes.

4. Esse desafio literário se encerra dia 30 de Outubro de 2020, pra que seja viável de lermos uns aos outros e interagir nas plataformas.

E é só isso! Vamos espalhar cultura, diversão, fazer amizades, conhecer novos blogs, novos autores, novas visões de mundo, novas interpretações da realidade, novas abordagens ao mesmo tema, novos sentimentos, novos estilos, novos insights.


A PAZ E O CAOS

A paz caiu no caos
O caos tombou com a paz
Entre os dois muito além
Do que se pode conjecturar

Na paz ciência da paciência e
No caos realidade da causalidade
Meros mortais
Em busca do que já se tem

Vida
E isso é tudo!
Morre quem não acredita
Na germinAção do tempo

Meio ao caos
Aflora a criatividade
Dentro da paz
Brota a comodidade

A paz e o caos são antigos conhecidos
Desde o jardim da nossa infância
Assim brincam sem dualidade
Com a nossa ignorância

Eu sou o pique
Eu sou o esconde
Agora na Ágora está com você
Latências e sutilidades

Ágora de Atenas, Grécia, 2018

Ágora = lugar de reunião. Praça pública onde havia feiras, edifícios administrativos, templos, casas de banho – diversão da época; espaço de encontros, debates, surgimento de ideias e parcerias. Sócrates, um dos maiores filósofos da humanidade, frequentava a Ágora diariamente.

6 thoughts on “Paz – Especial -Desafio Literário

  1. Gratidão é a palavra de ordem aqui minha querida amiga… obrigado por sua participação neste movimento poético e por nos brindar com este belíssimo poema filosófico. A Paz e o Caos… um é remanso, o outro revolto… um só existe na ausência do outro… um Pique, outro Esconde! Adorei. A vida nos convida a entrar nesta brincadeira poética… a sabedoria está em sermos gratos por cada instante que um e outro possa nos proporcionar. Muitos chamam isto de equilíbrio… e eu? De saber viver! Você mora no meu coração e não paga aluguel, Cristileine kkkkkkkk Beijo no coração… que sua semana seja abençoada!

  2. Estes desafios são realmente muito enriquecedores…. Eu nem sempre dou conta de escrever no início… Primeiramente, preciso ruminar o meu caos interior para encontrar em paz descansando a paz… Aí sim, o tema,, seja qual for provoca um caos exterior e quando escrevo a paz se faz em meu interior.

  3. Bom dia Cristi uma inspiração muito bonita entre o caos e a paz bem tecido com sua arte.
    A festa e a solidão dão as mãos e seguem juntas, há que saber dos caos aprender a buscar a paz, da solidão o tempo de mergulhar e com reflexão entrar na festa. A paz é a cama dos que se acomodam, o caos a escola do sensíveis.
    Linda partilha e perfeita no desafio.
    Carinhoso abraço.

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: