Depressão com Poesia

Passeio no céu

Paisagem na montanhaEstou aqui sentada esperando que uma janela se abra para eu voar, mas janelas não se abrem sozinhas.

Pronto cliquei em um mundo de imaginação e perdição na tela, todo tipo de estímulos piscam sobre os olhos querendo chamar minha atenção,

estou de óculos de lente azul, acontece que eles são de aumento…

Enquanto isso, mais e mais a cadeira me abraça, a roupa amassa e preciso navegar.

Como assim?

Queria voar, voar, além da linha do horizonte, cumprimentar Deus e ouvir

Ele falar:

“Filha volta para o lugar da onde vieste (a Terra), fui Eu quem te coloquei lá para aprender passear por outros cantos e quando sentir saudade de Mim é só abrir o coração que estarei lá.

Não é que ficarei aqui te esperando, passado, futuro ou humanos são só cenários temporários,

é que Sou parte de tudo e de todos que têm essa mania de voar tão longe de casa e tão perto do meu ninho,

que às vezes nem observa o alimento diário que Eu coloco em seus dias presentes.

Filha, o verbo é amar, com ou sem asas.”


Texto adaptado de um exercício de escrita rápida (10 minutos) que fiz através do método de “Escrita Total” conduzido pelo professor Edvaldo Pereira Lima.

7 thoughts on “Passeio no céu

  1. Esses exercícios são os melhores, a gente viaja, as janelas se abrem, a gente voa, etc e tal. O que eu dispensaria no meu exercício? Os óculos….enfim, as lentes também ajudam. Texto muito instigante e me levou longe.💐✨🌷🎶☮️

  2. Sinto que você está ficando com saudades desse meio literário, risos. Esse exercício espontâneo foi bem instigante mesmo, geralmente minha escrita é mais intuitiva, fico esperando ela chegar, nesse exercício tive que ir buscá-la sem racionalizar e esperar (tempo cronometrado). Claro que fiz algumas pequenas adaptações e correções para publicar aqui, mas a mensagem original está aí, a qual eu também procuro entender…🌷

  3. Temos algo em comum: o jornalismo. Uma escola incrível para a escrita, o raciocínio, o pensar rápido, limite de tempo e espaço…depois, quando fiz criação literária não foi muito diferente. Nunca tive inspiração, sempre trabalhei com ideias e isso me ajudou muito a escrever, buscar as palavras e então é nesse momento que a leitura é fundamental em todos os sentidos. Sinto saudade sim mas não tenho vontade de voltar a escrever, até pensei nisso mas desisti. Gosto do formato que faço e admiro quem faz o que tu fazes. Gosto mais de ler hoje em dia. Continue sempre.💐✍️

  4. Também gosto do formato que você se expressa, mas consigo falar mais assim lá no Instagram do que por aqui… Caso você se anime, tem tudo para criar cursos para escritores iniciantes. Falo isso baseada nesse tempo todo que te acompanho, e nos recentes cursos que tenho feito. Boa noite e bons sonhos, Fernando.

Sua opinião agrega: comente aqui 🔄

%d blogueiros gostam disto: