Depressão com Poesia

Os autos da depressão

“A depressão é muito invasiva e prejudicial, mesmo após o fim do tratamento, seu corpo ainda está lutando para restaurar os danos causados pela terapia e isolamento social. É um processo muito longo.”

Esse é um trecho de uma mensagem que uma amiga publicou no Facebook esses dias. Achei tão, digamos assim, direto ao ponto que quis trazer pra cá.

Um corpo lutanto contra químicas de laboratórios e auto produzidas (os hormônios).

Um isolamento que não foi forçado, mas auto imposto.

Etimologia de Auto: do grego autós designa aquilo que é próprio, que funciona por si mesmo. No latim auto vem de actum = movimento, ação, ato.

Nos estados depressivos entramos no automático, somos geridos ao invés de sermos o gerente, ou melhor, tanto faz como tanto fez…

Quando decidimos assumir e dirigir a vida que nos foi concedida, tudo começa a mudar. Isso não quer dizer que será fácil. O valoroso dá trabalho.

Mas, penso que a vida demanda igualmente tanto para os que têm muitas responsabilidades quanto para os despretensiosos. Tal como o dia têm igualmente 24 horas para todos.
À partir o momento que nos entra o ar no corpo somos co-responsáveis pelo que nos inspira e pelo que nos faz expirrar…

Voltamos ao auto:

  • auto conhecimento – o que gosto, o que não gosto, o eu.
  • auto consciência – porque ajo como ajo, o eu e o outro,
  • auto gestão – da emoção e dos pensamentos, aprender a se controlar, focar, participar.

Passando por esses passos tenho descoberto que tudo é possível com a ajuda do alto. Mas, esse trajeto é pessoal e intransferível, tal como o sopro nas narinas.

À voce que passa por algum transtorno na saúde mental, no humor, no amor. Acreditem há alturas que só encontramos em nós quando enfrentamos esse medo de viver.

Espero que fiquem bem, espero continuar bem. Espero escrever amanhã.

Música – Debaixo d’água com Maria Bethânia

5 thoughts on “Os autos da depressão

  1. Tem dias que sinto a depressão aqui perto. Mas ser capaz de perceber isso me faz pensar que posso enfrentar também 🙂 tudo começa mesmo no autoconhecimento.

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: