Depressão com Poesia

O tempo tudo consome.

Espie só 

Esse ferro velho

Cabeças de boneca que foram acarinhadas

Fogão que já preparou delícias 

Couro de vaca do matadouro desativado

Chaleiras e moedor de carne

Ferro à brasa

Cadeiras de varanda de cordinha 

Pé de máquina de costura

Porta retrato de bronze

Carcaça de máquina de lavar

Motor de canoa 

Rodas de caminhonete

Correntes enferrujadas 

Instrumentos cirúrgicos 

Cabaças e lampiões 

Maçanetas e baús 

Engrenagens e sucatas 

Tudo

Tudo isso já teve vida

Hoje estão aqui dentro 

À atormentar 

www.depressaocompoesia.com

 

2 thoughts on “O tempo tudo consome.

  1. Assustadora, verdadeira e fascinante essa abordagem sobre a percepção da ação do tempo. É um tema que me desperta muito interesse. Lindo.

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: