Depressão com Poesia

O que é? O que é?

O que é? O que é?

Vive de amor

Doação e magia?

Sua vida foi de busca

Entre águas e palácios

Num deles transformou-se em babá

Mas por se encantar pela criança

Quis lhe queimar concedendo-lhe

A divindade

Foi compelida

Mais forte do que os desejos

É a vida///

Da árvore perfumosa

Recolheu restos mortais

Do seu amado

Espalhados pelos cantos da terra

Com as mãos reconstruiu o corpo fatiado

No bater de asas o ressuscitou

Há seis mil anos atrás///

Seu amor mudou de cor

Agora era verde

Cor de cura

Da natureza

Do chackra do coração///

Conseguiu seu filho próprio

Mesmo sem o falo

Os esforços não fatigam

Nos mitos e nas

Mitológicas mentes

Atemporais.

E aí descobriu o que é? Ou quem é?

É a mulher

É maga

É esposa

É mãe

É a deusa Ísis

Uma das principais divindades da mitologia egípcia, mulher de Osíris, mãe de Hórus.

Mas poderia ser eu ou você

Í si s.


Esse post foi inspirado em uma palestra que ouvi essa semana sobre “O Mito de Osíris”, com a psicóloga Ivani Haro Martins. Cada parte separada pelas barras /// é um pedacinho da história, que está longe de ser recontada aqui, apenas peguei algumas pontos que me chamaram atenção para compor essa prosa poética. Se desconhecem o Mito de Osíris, Ísis e Hórus está aí uma boa oportunidade para pesquisar; e procurar trazer as similaridades para a nossa história atual (tanto pessoal quanto coletiva). Os mitos com suas simbologias têm muito à nos dizer.

“Os mitos nos falam de verdades perenes e nos dão chaves para a compreensão do universo, dos homens e dos grandes mistérios da vida.”

7 thoughts on “O que é? O que é?

  1. Gosto muito de mitologia, psicologia, filosofia, etc. Mas no fundo me acho na poesia. No momento estou lendo João de Ferro que é uma mistura disso tudo. Está me fazendo perder, ou melhor, ganhar umas boas horas de sono. Há muito para aprendermos ainda. Boa noite, Rodrigo.

  2. Lembrei-me da música do Gonzaquinha – que morou aqui na Pampulha, BH – O que é, O que é. ?.. na qual está que:
    “Eu sei, eu sei
    Que a vida devia ser
    Bem melhor, e será…”

    Quanto à sua postagem, logo depois desta, só tenho que tirar coisas do meu “umirdi prato meu di cada dia”, e procurar melhorar. Mas, que mundo vai me melhorar, a não ser o raro mundo de amigas e amigos – coisa rara – neste mundão ? Vâmo qui vâmo. Çi a jente dizistí, mais pióra a cituação, Uai !

    Aquele abraço.
    Darlan

  3. He he,
    muito calor pra Vocês, aí na Alemanha, onde você anda e perambula, e ri e sente frio e felicidade.

    REPITO: “Vâmo qui vãmo.” Com água de coco neste sabadão.

    Aquele abraço.
    Darlan
    (felizim dá Silva, proquê fiz a minha amiga filiz ! Uai!)

Sua opinião agrega: comente aqui 🔄

%d blogueiros gostam disto: