Depressão com Poesia

O baile da decepção

Quando nenhum valor lhe dá graça por dentro – Depressão. Quando a ética se esvai e a ganância reina – Corrupção.

Se a energia criativa é minada – Depressão. Se a mina se traduz em grana saqueada – Corrupção.

Fechar as portas do coração – Depressão. Fechar as portas de uma nação – Corrupção.

Nenhuma beleza em ser – Depressão. Obsessão em ter – Corrupção.

Se automutilar – Depressão. Exterminar os sonhos dos outros – Corrupção.

Sem autoconfiança – Depressão. Resumir a vida em gastança – Corrupção.

Se sentir na prisão – Depressão. Política podre e sufocante – Corrupção.

Não querer viver dentro de si – sintoma da Depressão. Querer sumir para outro país – efeito da Corrupção.

Não ver graça em si mesmo – Depressão. Rir da cara do povo – Corrupção.

Dias sem esperança – Depressão.

Futuro sem segurança – Corrupção.

Doença na saúde mental – Depressão.

Doença social – Corrupção.

Na perda de sentidos

Passivos ou ativos

Iguais em destruição.

Depressão e corrupção

Bailam juntas

No palco da decepção.

 

Para cair fora dessa ciranda

A palavra é atuação

A tua

Ação

Já.

Após o baile a limpeza…

A faxina começa

No levantar

Da mãos.

 

 

4 thoughts on “O baile da decepção

  1. Curti bastante. Me permita parafrasear você um pouquinho, por complemento mais que por contraste:

    A palavra é atuação.
    A tua ação.

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: