Depressão com Poesia

Matadouro.

Tento roer essa carne
Muito dura

Disseram que é bem temperada

Pode ser

Sonegaram o vencimento 

Conservantes e amaciante é lei

Meus dentes doem

Eu tento, tento

Com tão vastos campos pro sustento 

Muita mata

Foi se o ouro

Empregos viram ração 

As mandíbulas estão cansadas 

Tento do outro lado

Imito meus parceiros

Os do clareamento

Mas já estão mastigando ossos

O filé foi só pra dar água na boca

Agora pago rios de juros

Tudo perdeu o sabor

Virei o boi 

No matadouro

Brasil.

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: