Depressão com Poesia

Incorrigível


A incorrigível das palavras ficou anos em abstenção textual

O que só poderia dar alucinação na vida real.

Engolia cada palavra, até que foi dominada por elas.

Assim, foi na letra a fundo, e a fundo, nem mais via o mundo,

O que lhe importava era a imagin(ação).

Nada poderia corrigir esses momentos, após tão longa e irracional espera, pega papel e caneta e vira fera.

Inconformada de ser, transcreve seu parecer. Repara seu crescer nas folhas.

Nem o erro, nem o acerto, é o voto que lhe faz renascer,

Voto feito no berço de nunca parar de escrever.

Incorrigível não pensava na grama e na tática das palavras,

Oras estava pesada, oras dizia nada com nada.

Incorrigível menina desperta!

2 thoughts on “Incorrigível

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: