Depressão com Poesia

Gosto salgado.

Agradeço as lágrimas esquecidas

Que não viraram rancor 

As lágrimas de gratidão 

Gentilezas possíveis e agradáveis 

As lágrimas de dor 

Que limpam a alma para não adoecer 

Agradeço as lágrimas de mérito 

Toda dedicação deveria ser reconhecida 

As lágrimas de saudade

Tive/tenho o que amar e rememorar

As lágrimas de vitória 

Conquista que transborda 

Agradeço as lágrimas de fé 

Afortunados quem as possui

A lágrima da leitura 

Mundo que nos transporta e transforma 

As lágrimas de prazer 

É o suor do êxtase 

Enfim, agradeço as lágrimas de solidariedade 

Que amaciam o senso da humanidade.

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: