Depressão com Poesia

Frafra

Aos que pensam que tudo é Frufru, tente montar as peças do FraFra.

 

Fragilidade em pedaços
De ponta cabeça, tudo ao contrário

Quebrada, me esqueço

Fujo e não acho, não faço, não aconteço

Em mim não há espaço, para o dito e não feito

Tudo roda, roda, roda, estou tonta

Estou farta desse gosto picante

Que tudo queima dentro de mim

Que me queima por onde passo.

Fraqueza e quebra-cabeça

Pedaços perdidos na fúria

Furiosa depressão

O que ficará desse tempo que age como furacão?

Corpo estático duro de carregar

Cabeça a girar no vento estrondoso

Olho com o olho do furacão

Quantos destroços para serem refeitos

Também vejo o universo

Magnífico, infinito, estelar…

Todavia, toda vida questiono na

Franqueza quem te estenderá a mão?
Fragilidade, Fraqueza e Franqueza

não são frufru.

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: