Depressão com Poesia

Filtros

Útil o filtro
Água
Luz
Ar
Fogo
Nosso corpo
Esse radar

Plantas fertilizam a terra
Animais cativam e são castigados
Vírus alertam das doenças da Terra
Homens á filtrar

Tudo pedindo vida
Mesmo que pela morte tenham que passar

Útil a morte das ilusões
Dos desapegos
Da competição
Nesse nosso corpo
70% água

Além do rim
Do rir e dos poluídos sins
Há o radar do amar
Borbulhas silenciosas e constantes
Nos capilares sanguíneos
De cada passagem

Filtros de barro

A purificAção começa em si

E é sem fim

Para saciar a sede dos desalentos

Filtros dos sonhos

Chama por nós.

1 thought on “Filtros

  1. Hoje em meio à presença barulhenta e cheia de vida de minha filha e meu filho, escrevi um poema sobre vida e morte juntas… Lendo-te vejo como nossas inspirações também se juntam… Excelente e urgente reflexão feita de forma leve…

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: