Feijão alimento vital

Ninguém via

Mas

O feijão estava cheio de minhocas/

Tinham os guardadores de feijão

O chefe que o comercializava

Também os limpadores de feijão/

Tudo para ficar pronto

Para ser consumido

Feijão bom é feijão limpo

Nutre e fortalece

Delicioso/

Uns não gostam de feijão

Muitos mais do que pensamos

Outros não têm acesso à ele
passam fome

Tem também aqueles que têm feijões a revelia

Também os que têm intolerância a essa leguminosa

E aqueles que o evitam para manter a magreza/

Dizem que feijão tem efeito explosivo

Minha avó usava folhas de louro para se proteger dos gases/

Na verdade o feijão afeta o corpo todo
depende do seu modo de preparo/

É relativamente trabalhoso preparar um bom feijão: escolhe, deixa de molho, escorre, cozinha na pressão, tempera à gosto/

Cada minuto é válido o cheiro, o caldo, a textura, as agruras no paladar/

  • Agora

Troque a palavra feijão por emoção

  • Agora

Troque emoção por mente

  • Agora tire essas minhocas da sua cabeça

Vira e mexe

A vida nos dá um caldo

Mas dentro da panela

Sabemos o que é vital.

Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

22 comentários

  1. Já tirei as minhocas, mas queria provar o feijão, batidinho ou em grão, pretinho na preferencia, mas sempre no louro, alho e cebola, fica mas com cara de feijão e não feijoada.

  2. Nos armazéns das carvoarias do Norte de Minas a nós carvoeiros era vendido o feijão cheio de bicho, mas nós sabíamos que era vital para nossa saúde, tudo isto marcou as nossas vidas não a nossa mente, é preciso aproveitar o caldo tirar as minhocas da cabeça agir com a razão não pela emoção assim sendo poderemos fazer da vida uma suculenta feijoada! parabéns pelo texto. UM ABRAÇO FRATERNO DO POETA CARVOEIRO!

  3. Poderia ter colocado caruncho né Deivid 😂 agora já foi. Amanhã vou fazer feijoada de ceia, no frio daqui cai bem. Abraços e bom fim de ano. Realizações e paz em 19.

  4. Eu entendi a vida de mineiro é uma rica de esperança e muto desprovida de alimentos.
    as carvoarias que trabalhei no norte de Minas eram de carvão vegetal onde ainda se vive uma vida de extrema pobreza, . Te convido a comer comigo uma feijoada feita no fogão a lenha uma[boa moda de viola! beijos.

  5. Muito importante essa de “tirar minhocas da cabeça”…com ou sem feijão pelo meio!
    Por curiosidade, feijoada é prato típico da ceia de natal dos brasileiros?

    Boas Festas e muitos poemas, tudo bem regado com saúde!

  6. Não é não Dulce, nós que somos uma família atípica, risos. Fiz votação e escolheram feijoada, nesse frio até que cai bem. Abraços, boas festas e muita luz em 2019.

  7. Ah quem me dera se estivesse mais por perto, fogão à lenha lembrei da minha avó. Como o mundo gira quem sabe um dia apareço por Minas. Bom fim de ano e paz no que se inicia.

  8. Lembrei da música das Frenéticas.
    Feijão, feijão…o preto que satisfaz.
    Teria sido uma crítica ao racismo, teria sido racismo… ?

Diga-me a sua opinião?