Depressão com Poesia

Extremas e etéreas.

Aeroporto

O choro sem consolo

O grito de alegria

A espera que não finda

Extremas

Idas e vindas/

Destinos que se esbarram

A pressa e as convenções

A porta que não abre

Abraçam os corações/

O cão que lambe o rosto

Mulher virou criança

Sentada ali no chão/

Infante que não pára

O tombo não machuca

Com mãe tem proteção/

Amigas tiram foto

Sorrisos são espelhos

Das ânsias e comoções/

As pernas estão doendo

Assentos não seguram

O que explode ao peito/

No bagageiro

Nos passeios

Nos achados

Nos perdidos

Na sala de orações/

Cada um na busca

Do aéreo

Do porto

Nas etéreas emoções.

Este trabalho está licenciado uma Licença

Creative Commons

Atribuição 4.0 Internacional

12 thoughts on “Extremas e etéreas.

  1. Dá para entender… alguns ambientes são necessários mas repulsivos. Abraços Miau, bom fim de semana. Suas fotos do último post estão na memória e saudade até agora.

  2. Muito obrigado, CRISTILEINE.

    Uns mais, outros menos, todos temos compromissos, mas não suma, não, a Casa está aberta.
    Leia minha postagem do dia 25 de set.: DIA MUNDIAL DO SONHO // WORLD DREAM DAY

    Um abraço.
    DARLAN

    Deixo aqui um trecho da letra de ENCONTROS & DESPEDIDAS, do MILTON NASCIMENTO e do FERNANDO BRANT (a ideia veio quando vi a garotinha no aeroporto).

    “São só dois lados
    Da mesma viagem
    O trem que chega
    É o mesmo trem
    Da partida…

    A hora do encontro
    É também, despedida…”

    AQUI: https://www.youtube.com/watch?v=FiLYn6Xkn8U

  3. Por aqui, no Brasil, na Bahia, criaram um Porto Seguro… nem tão seguro assim… como viajamos em busca deste porto, mesmo que seja por meio de um aero-porto…

  4. Um cachorro lambendo o rosto da mulher. Não há imagem mais feliz e ela não me sai da cabeça. Obrigado pela visita, vim retribuir e adorei.

  5. Esses encalce de emoções e momentos etéreos são bailarinas a rodopiar em nossa memória para todo um tempo chamado, vida.

    E é isso, talvez todo o sentido que nos falte seja apenas isto. As idas e vindas com cães nos lambendo a face.

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: