Depressão com Poesia

Em vida

Mutação

Nada aqui é estável

Cadê aquele ser imparável

Que dizia tudo dominar/

Rotação

Periódica moratória

Aos viventes

Com seu sino a soar

Silenciosa.mente/

Volição

Ato definido

De cada indivíduo

Que se faz colher e ecoar

Nas vindimas/

Salvação

Tudo o que se faz

No anônimato da alma

Para se desprender e revelar

O melhor que há na uva

Em vida e sem luvas/

Evolução

A vinha de luz infinda

Vide e envide

Na mega e na infinitesimal

Ação

3 thoughts on “Em vida

  1. Declamo os poemas enquanto os leio.. Engasguei no infinitesimal… O infinito é assim: inabarcável… Como sempre: maravilhoso…

  2. Apenas lanço mão de palavras de meus mestres. Inabarcável faz parte do vocabulário filosófico de Emmanuel Lévinas, que usa este termo para expressar a condição inabarcável do infinito pela razão humana. Paz e Bem!

Sua opinião agrega: comente aqui 🔄

%d blogueiros gostam disto: