Depressão com Poesia

Desencanto – Manuel Bandeira

Manuel Bandeira (1886-1968), poeta, crítico literário e de arte, professor de literatura e tradutor brasileiro.

5 thoughts on “Desencanto – Manuel Bandeira

  1. Adoro Manuel Bandeira. Depois de Drummond, de Manoel de Barros, é meu poeta querido. Recordo-me perfeitamente do dia de sua morte em 1968.

  2. Ah e obrigada, vou corrigir a ortografia, não tinha me atentado, quando for assim pode me dizer que eu até gosto 🙋🏽‍♀️

Sua opinião agrega: comente aqui 🔄

%d blogueiros gostam disto: