Depressão é negação

Se o pânico é o ápice da ansiedade, a depressão o ápice da negação.

Nega-se tudo, o amor próprio, o amor ao próximo e até a vida. Como assim? Você já teve ideações suicidas?

Não, porém, muitos depressivos têm. O que já tive/tenho vez por outra é uma vontade imensa de desaparecer, de tudo acabar, sem nenhum vínculo com nada e nem ninguém.

Esse sentimento é insuportável, aí tentamos negar ele também, mas, bate forte, bate forte.

Não é uma escolha ser assim, me parece que é inerente, mas é escolha ficar ou correr dele. E você fica torcendo pra passar logo esse tormento, enquanto isso, passam os dias…

Então, entra a culpa: culpa por pensar assim ou assado, culpa por se achar ingrata…. Quando se percebe já estamos tomados e tombados.

Cada um reage de um jeito. Por exemplo, o escritor de “O Demônio do Meio Dia – uma anotomia da depressão”, Andrew Solomow, relata que a dor dele era tanta, que ele se colocava em situações de risco para ver se fosse levado de vez. Fazendo sexo sem proteção com todo tipo de gente, correndo riscos como o HIV por exemplo.

A auto negligência também é um tipo de suicídio, aquele que vai matando aos poucos. Ela pode ser consciente ou subconsciente, pode vir através de diversos meios como a luxúria, o álcool, a gula, descuido com a saúde, dirigir imprudentemente e até mesmo andar distraído na rua.

Temos que ficar atentos, pois, mesmo quando estamos nos sentindo bem, qualquer estopim como um deboche pode nos levar para esse lugar sombroso. Só que o problema não são os outros, mas sim o que a gente deixa eles fazerem conosco.

Aí é tempo de reagir, pois, agora reconheço os sinais.

Espero um dia ter serenidade na mente para ultrapassar esses desafios. Não queria sentir essa vontade de sumir, sem ter para onde ir. Essa sensação de que nenhum lugar te suporta, nem seu corpo.

Senta, respira, observa seus pensamentos e saiba que isso também vai passar como passou das outras vezes.


Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

2 comentários

Diga-me a sua opinião?