Dentes e a saúde mental

O que: O que os dentes podem revelar

Quem: repórter Brigitte Osterhath

Onde: DW – Saúde – (Deutsche Welle)

Quando: 26.02.2019

Por quê: Que nossos dentes podem revelar muito sobre nossa identidade nós já sabemos (ou desconfiamos). Os legistas que o digam. Pelos dentes dá para saber desde a genética até o status social da pessoa.

Tendo isso em vista, crescem os bancos para depósito de dentes de leite. E, lembrar que antigamente algumas mães andavam com eles no pescoço como pingente, até se cansarem do colar ou perdê-lo.

Isso só me faz pensar em quantas preciosidades temos e nem temos consciência…

Divagações à parte, novidade é que agora estão ampliando os estudos relacionando os dentes com as doenças mentais. Isso mesmo, ao que tudo indica no futuro testes em nossa arcada dentária dirá o que e como atuar em nossa saúde mental.

Essa reportagem da DW é pra lá de interessante. Diz que pela dentição é possível checar o estresse da primeira infância (0 até os 7 anos); medir como o cortisol (o hormônio do estresse) afeta os dentes; e muito mais.

É estudado o tamanho, superfície, volume, cor e espessura das camadas dos dentes.

“Até o momento, temos usado como biomarcadores na psiquiatria a saliva, o sangue e o microbioma intestinal em amostras de fezes“. Os dentes foram pouco estudados.”

“Muitas doenças mentais não têm causa genética, mas derivam das vivências de uma pessoa – especialmente em seus primeiros anos de vida”

Erin Dunn, do Hospital Geral de Massachusetts, nos EUA.

Fatos que descobri é que os dentes começam a formação na fase embrionária, quando o bebê está na barriga da mãe, e que, podemos deixar autorizado a doação de nossa arcada dentária após a morte para estudos.

E você, já pensou em fazer um exame nos dentes e descobrir se tem, ou pode vir a ter, alguma desordem cerebral?

Leia a reportagem na íntegra ⬇️

O que os dentes podem revelar


Cristileine Leão

FacebookInstagramYouTube


Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

8 comentários

  1. Eu gosto dessas pesquisas que analisam as relações do corpo todo e do ambiente. Muito interessante. 🌻😘

  2. Vou procurar. Legal😊👍Fiquei meio ausente aqui. Vou colocar em dia! Comprei seu livro, mas ainda não consegui ler nem comentar na Amazon, mas está tudo agendado na cachola😁Bjos😘🌷

Diga-me a sua opinião?