‘Boom’ nos atendimentos psiquiátricos

O que: Internações em hospital-dia de saúde mental triplicam no país

Onde: Folha de São Paulo

Quando: 21.09.2019

Quem: repórteres Cláudia Collucci e Érica Fraga

Por quê: TRIPLICAM, essa notícia, com dados mensuráveis, evidencia o maior desafio social na atualidade: lidar com a saúde mental.

E cá entre nós, nem precisava de dados, né? Podemos ver, sentir, ouvir claramente que o mundo está sendo “chacoalhado”.

Não sou do tipo fatalista que pensa que é o prelúdio do fim, acredito que estamos meio à uma transformação dos modos e costumes. Onde precisamos e “temos que” nos reformular.

Que seja para melhor…

A reportagem aborda sobre a importância de se ter uma família próxima. Atenção, eu disse próxima e não só próspera.

Proximidade é tudo, é aconchego, acolhimento, energia para prosseguir. Agradeço a paciência que meu marido e filhos tiveram até aqui.

Mas, às vezes, parece que estamos na sociedade do afastamento. O preconceito ainda é vigente. Sobretudo quando se trata de doenças, transtornos, problemas que envolvem a mente e o comportamento.

Como ressaltado no texto a competitividade no mercado de trabalho e as redes sociais nos tiram o tempo de ócio, o que faz com que nos tornemos mais distantes, desconfiados e menos criativos.

Tudo isso junto com o envelhecimento populacional, a pressa e pressão nas grandes cidades, nos levam estarmos na situação em que estamos.

A crescente demanda por tratamento psiquiátrico, as dores crônicas, as mortes por suicídios, os dados, os fatos, nos mostram a distância que estamos de nós mesmos.

Distanciamento é como estacionamento no tempo. Boom.


Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

6 comentários

  1. MUITO BOM CRIS…GOSTEI MUITO ….TEMA IMPORTANTÍSSIMO …TODOS OS DIAS AGRADEÇO A FAMÍLIA MARAVILHOSA QUE DEUS ME PRESENTEOU…O MUNDO ANDA BEM DIFÍCIL…GRACAS AS PESSOAS QUE NELE HABITAM…O SER HUMANO NÃO ESTÁ CONSEGUINDO ENCONTRAR SAÍDAS PARA AS SITUAÇÕES DIFÍCEIS DO COTIDIANO…ATÉ MESMO BUSCAR AJUDA MÉDICA TORNOU-SE UMA BARREIRA…ENTRA AÍ O PRECONCEITO..A FALTA DE CUIDADO E ESTÍMULO DAS FAMÍLIAS…ESQUECEM QUE ….QUEM AMA CUIDA…

Diga-me a sua opinião?