Depressão com Poesia

Auto comparência

Quando

A poesia tomar seu lugar de direito

Acreditarão plenamente na magia do transcender

Assim

As terapias ficarão em plano secundário

Pois

Serão um valor intrínseco no imaginário

Essa mania de se autoconhecer

Bem como

Com_par_e_cer


Em meu exercício de Imagine (John Lennon), fiquei sonhando com o dia em que as terapias (psicológicas, filosóficas, espirituais e afins) serão só mero exercícios diários de bem estar.

Onde o autoconhecimento será parte da nossa essência (a busca da paz e da sabedoria), apesar das turbulências, e nossa preocupação maior será o transcender as inDiferenças.

Tendo como instrumento poções mágicas de poesia que a tudo transforma em beleza, sorrisos e enaltecer.

E da onde veio tal inspiração?

De um mestre, ou diria um irmão chamado Rubem Alves (vídeo abaixo). Já o título é uma alusão do divertido filme brasileiro O Auto da Compadecida.

Ser autodidata sem deixar de comparecer.

Com par e Ser!

9 thoughts on “Auto comparência

  1. Rubem é, gosto de dizer, mágico. Mas, comigo, qdo mais precisei penso que poesia chegou em forma de imagens dentro de mim. Uma terapia solitária dentro de um momento de profunda solidão que foi estar em um corredor esperando para entrar no bloco cirúrgico e ter a consciência da gravidade da doença. Foi muito libertador essa poesia interior. Desculpe se saí fora do texto mas teu post me trouxe isso e estou aqui para contar. Um grande abraço, Cris e tenha uma boa noite e cuidem-se muito.☮️💐

  2. Sempre imaginei que a poesia deveria ter autoria e agora aos poucos vou descobrindo que ela é magia e como na vida tudo precisa ser vivido e sentido que sentido teria eu se ter vivido sem descobrir que é esse o sentido das poesias a nós apresentadas por pessoas como tú que sente e transende o que mais belo vem da mente e nos inspira a palavrear sem ao menos pensar e apenas a falar e ousar poetizar…

  3. O que sentes é poesia, a poesia é muito mais que os poemas, as palavras em si…a poesia são essas nossas “reformulAções” que é feita nos poemas, nas pinturas, em todo tipo de arte, e claro, no silêncio, nossa mais profunda, doída e transcendente fonte de inspiração. De forma nenhuma você saiu fora do texto. Vou deixar abaixo o link dessa palestra completa dele, caso se interesse a ver. Forte abraço 🌷
    https://youtu.be/WXdHK6TtXIs

  4. Reginaldo, saiba que às vezes fotógrafo seus comentários para refletir sobre eles. Quando me sinto para baixo, leio e penso: siga Cristileine, siga. Agradeço o Jasmim que fez você encontrar meus versos, risos.
    Bom fim de semana.

Sua opinião agrega: comente aqui 🔄

%d blogueiros gostam disto: