Depressão com Poesia

Assento Preferencial

Estava em pé na sua frente

Você fingia que não nos via

Sobre sua cabeça o sinal de preferencial

Dentro de sua mente o achar se essencial.

Não importava lhe meus joelhos gastos e operados

O som do headphone conforta sua alma sentada nas suas preferências.
Continuo segurando pendurada

A idade me trouxe tolerância

Espero que você passe dos setenta.
Enquanto isso vamos viajando no mesmo tempo

Estou apoiando na bengala

E na gentileza de outro alguém que levanta

E diz senta

Obrigada seu moço.

Até a próxima viagem.

 

2 thoughts on “Assento Preferencial

  1. Muitas vezes presenciei tal acontecido Cristileine. Sempre levanto e ofereço meu lugar (realmente é muito triste esta situação mas é um ótimo momento de exercer nossa gentileza)… vai que além de distraído, o infeliz também não sabe ler ?!! kkkkkkk Adorei… tenha um fim de semana iluminado ! Abraços

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: