Depressão com Poesia

Alegria – Em Pauta

O que: Alegria, ferramenta poderosa para os tempos atuais

Quem: Denise Fraga

Onde: Grupo Mulheres do Brasil

Quando: 22.05.2020

Por quê: Cada vez mais penso que se a vitalidade é o oposto da depressão, a alegria é o antídoto.


Covidi-19: A OMS alerta para o risco de aumento de transtornos mentais (fonte: jornal Público Portugal)

A ONU alerta para o aumento do sofrimento psicológico (fonte: Deutsche Welle – DW)


A depressão, suicídio, pânico e demais transtornos do humor já estavam bem latentes antes do vírus. Mas, eram o problemas varridos para debaixo do tapete. Agora, presos em casa, precisamos sacudir o tapete e tirar o pó dos enfeites todos os dias.

Como não se entregar?

Eis algumas dicas:

“Alegria se cria”

“A gente brinca muito pouco”

“Para ser feliz é precisa atravessar a fronteira do ridículo”

“Você precisa estar em contato com o seu agente transformador”

“A arte nos dá pertencimento”

“Viver com a cumplicidade dos poetas”

Denise Fraga

Essas e outras frases foram ditas pela atriz brasileira Denise Fraga na live ao Grupo Mulheres do Brasil núcleo de Portugal.

Se atente nos 27 minutos da entrevista, fala de poesia. Aliás, a entrevista finaliza com a leitura de um poema de Adélia Prado que declamei aqui.

Minha percepção desse bate papo foi: alegria é iniciativa, iniciativa é vida, vida só tem sentido quando se irradia.

Fortes são os que se apoiam, seja com epidemia ou não. “Solidariedade é um instinto como a sobrevivência“, como bem ressaltou a atriz.

Para isso devemos ultrapassar os próprios preconceitos e julgamentos, pois, apontar o problema é facil, mas o efetivo é buscar soluções. Sem dúvida a arte e a alegria são bons caminhos.

A arte e o artista

A arte traduz os nossos sentimentos, vivências e sonhos. Dos mais simples até os inimagináveis. É um meio de projeção, catarse, sublimação, reflexão e muito mais. É o lema desse blogue: transformar a dor em arte.

O artista é um trabalhador como outro qualquer, uns se sobressaem na profissão outros não. Triste ver o discurso de ódio colocando o povo contra os artistas como se eles fossem os únicos responsáveis pelas desigualdades sociais. Não se resolve um problema criando outro… Vamos deixar de tacar pedra na Geni.

Imagine uma vida sem poesia, filmes, novelas, teatros, músicas, sem criação, sem alegria.

Denise Fraga também falou sobre humanização, normose, gentileza, egocentrismo, atenção plena, vida simples, redes sociais e muito mais. Indico com toda convicção para que reflitam nesses pensamentos.

1 thought on “Alegria – Em Pauta

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: