Depressão com Poesia

Abraço eterno

A despedida

Foi assim

Feita entre corações

Não precisou de palavras

Nem tinha pretenções

Ambos sabiam

Era o fim

Não da ligação eterna

Apenas das intenções

Assim são os desígnios

Do destino

Vida e morte

Encontros e separações

Adeus meu amor

Enxuga essa água

Da piscina

Que emana

De seu âmago

Nadarei

Nadarei

Nada

🏵 As fotos que contém a marca d’água do blog foram por mim clicadas. O verso é da música Vento no Litoral de Legião Urbana.

🏵🏵Lembrando que o “Flores cantam Poesias: fotografias e poemas”, ebook, continua lá na Amazon. Cuidado porque nele foi colocado alto grau de sensibilidade e toques de dedicação.

Compre aqui


Cristileine Leão

FacebookInstagramYouTube

Siga-me nas redes sociais


Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

Sua opinião agrega: comente aqui 🔄

%d blogueiros gostam disto: