Depressão com Poesia

A composição

Onde está o ponto focal?

Para onde se dirige o olhar?

E o posicionamento?

Na segregação

Na proximidade

Na semelhança

No fechamento

Na continuidade

Na pregnância

Todos convergem para a unidade?

Há movimento?

Há fluidez com a linha do horizonte?

Desenhando (e não desdenhando)

Da vida

É que se aprende

A composição.


Poema inspirado no curso de como aplicar o Gestalt (conceito de psicologia) relacionado à percepção das formas de uma imagem, para melhorar a composição percebida em desenhos. Curso da Faber Castell, ministrado por Rebeca Prado. Esse e muitos outros estão gratuitos até o próximo 19 de Abril (link acima). Dá-lhe arte nessa quarentena.

8 thoughts on “A composição

  1. Eu sou muito ruim em desenhar. Mas eu posso desenhar você com meus versos. É assim que posso ver de onde vem a beleza. Se eu desenhar seu rosto, certamente encherá meu céu de versos. O brilho dos seus olhos me mostrará o caminho para não tropeçar na vida, porque a beleza é você.
    Agora, podemos tomar café?
    Um beijo
    Manuel

  2. Também sou péssima em desenhar, a flor foi minha filha quem fez e completei com a colagem. Gosto de fazer esses cursos porque me despertam a criatividade. Bom saber que meus versos lhe inspiram beleza. Todos bebem a poesia na mesma fonte. Quanto ao café, que a vida volte ao normal o quanto antes. Por horas café virtual para todos nós. Se cuide.

  3. Muito bom o desenho e a poesia, duas composições que trazem vida às emoções, até diria que se completam. Não interessa se o desenho é bom ou mau, o que interessa é a expressão, porque com o tempo, tudo se treina e melhora, se for essa a intenção.
    É como a Cris diz, é uma composição.
    Um beijo e espero que esta mensagem a encontre bem.

  4. Encontre-me bem, obrigada, espero que por aí também. Sempre bom receber notícias suas. “O que interessa é a expressão… se for a intenção” gostei disso. Abração e até mais🙋🏽‍♀️🌻

Diga-me a sua opinião?

%d blogueiros gostam disto: