Depressão com Poesia

A árvore da vida

De tão cansada estar

Parou de acreditar

Virou pedra

Cresceu rocha

Intransponível

Meio à selva

Até que um dia

Passou uma revoada

Pássaros em busca de abrigo

Longe do inverno sombrio

Pássaros são como querubins

Espalham sementes

No além e nos confins

Foi assim que vi

Árvores nascem nas brechas

No brotar de ar

No jardim.

5 thoughts on “A árvore da vida

  1. A natureza se manifesta de todas as formas, resiste e se reinventa …mas até quando? Chega o dia dela desistir …que registo incrível e a poesia ainda mais! Leve de ver, de ler. 🙏🏼por isso.

  2. Hoje aqui está nove graus, o professor de alemão estava reclamando que não faz mais frio como antes. Que essa temperatura deveria ser lá por março/abril. Que não podem mais fazer as brincadeiras e esportes de neve… O mundo dá sinal por todos os lados, e há quem confie mais nas tecnologias achando que está irá nos poupar de todos os males criados com as atitudes… Haja poesia para esse enfrentamento. Abraços e até mais ver Geraldo 🙋🏽‍♀️

  3. É … vamos constando este desastre quase sempre omissos, acreditando nas ideias que nós vendem! A poesia suporta, mas sofre! Uma ótima demanda pra vc! Abraços.

Sua opinião agrega: comente aqui 🔄

%d blogueiros gostam disto: