Aromaterapia

Reclamou
O perfume que te dei
Não perfumou
Pudera
Era feito de essências
Com água termal e flores naturais
Do meu suor e sangue
Diários


Escrevi em notas sem ser performática
Todo o desabrochar aromático
Existo


Algumas narinas captam fragrâncias
Enquanto outros perseguem flagrantes
Até quando não
Resiste


Mais do que o êxito é o existir

Perfuro
O solo em brotos
Enquanto exalo fluídos
Sentindo o viver
Dos sentidos

Em aroma terapia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s