Canção cansada

O anel que tu me destes
Era vidro e se quebrou

Os cacos desse féretro
Na minuta se enterrou

Ciranda Cirandinha
Vamos todos cirandar

Machucada criancinha
Longe do próprio lar

Por isso Dona Rosa
Diga adeus e vá se embora

Na redoma dessas eras (Fera)
Nem sempre a beleza tem sua hora (Bela)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s