Camaleão

Camaleão
Você me dá todas as cores
Mas não me dá seu coração

Camaleão
Sua pele tem tanta sensibilidade
Mas é cheio de vaidade

Camaleão
Você não resume-se no que produz
Mas no que é

Camaleão
Você vira os olhos para todos os lados
Mas não se olha

Camaleão
Você se agarra de galho em galho
Sem perceber a árvore

Camaleão
Você é belo na visão alheia
Mas fica alheio a paisagem

Camaleão
Uns lutam para salvar-lhe da extinção
Por que você não?

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s