Coração que flutua

De um lado da balança
O coração do morto
Do outro
Uma pena de avestruz
Qual terá mais penas

O coração ou a pluma?
Um exprime as atitudes
O outro a leveza
A balança de Osíris é precisa
Assim diz o Livro dos Mortos
Do antigo Egito

De onde há de vir a julgar
Os vivos e os mortos
Diz a oração Credo
Sobre Jesus
Fundamenta na bíblia cristã judaica

Na Divina Comédia
Obra da mitologia grega escrita por Dante Alighieri
A parte mais aclamada é
O Inferno com seus nove círculos:
• Limbo, luxúria, gula
• Avareza, ira, heresia
• Violência, fraude, traição

Passa o tempo
Mudam os contextos
Os lugares
Os personagens

Permanecem o céu
A terra, a curiosidade, os julgamentos
Os medos, as vontades, o firmamento
A balança, a esperança, a poesia

Que nos invoca a

Ser humano com humanIdade
Num coração que flutua
E solta seu pesar
À plenitude

Que a tudo transForma.


Já voou hoje?


Leia outra prosa poética sobre o Mito de Osíris aqui:

O que é? O que é

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s