Ser integral

“É debaixo dos panos que a gente não tem medo, pode guardar segredo de tudo o que se vê”, trecho da música de Ney Matogrosso.

Há milênios de anos atrás, Lao-Tsé o fundador do Taoismo disse:

Bem semelhante foram as palavras do cristão Mateus na Bíblia:

Oriente e Ocidente ecoam um único som quando é para se falar da integridade.

Segundo o dicionário, a palavra integral é um adjetivo de dois gêneros que significa total, completo, que não sofreu diminuição; que se apresenta com todos os seus componentes e propriedades originais.

Quanto de nós é um ser integral?

Quantos de nós?

O segredo, o escondido, o oculto, a sombra tudo isso é para ser visto e acolhido, quem sabe assim, desfazeriam-se – gradativamente – tal como a fumaça que dilui-se no ar.

Mas, estamos muito ocupados brincando de esconde esconde para acender esse incenso que não cessa de queimar embaixo de cada máscara.


Música: Por Debaixo dos Panos, voz de Ney Matogrosso, composição Cecéu, 1982.

1 comentário

  1. Na Vida Religiosa Franciscana, foi criado um serviço intitulado Sifrajupe (Serviço Interfranciscano de Justiça, Paz, Ecologia) voltado para a integralidade da criação… Não teve como eu não me lembrar deste serviço ao ler seu post.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s