Gratidão

Ao nosso redor há paisagens, desde as costumeiras até as inimagináveis.

O fantástico mesmo é abrir os olhos, esses que piscam em nossas faces, esses que habitam em nossa alma.

Quando o dia acende, todas as novas chances saltitam em nossas vistas, à perder de vista…

Se vista de emoções e cuidados.

A neve vai derreter, a gratidão vai se unir com a terra, como o destino de cada um de nós, nessa Terra de contemplAção.

O leve permanece.

Quanto pesa o essencial?

Meu lar é esse no primeiro andar. Mais acima vocês veem o lago quase todo congelado e meus amiguinhos: patos e cisnes na busca de espaço n’agua, cada vez mais restrito… Hoje diante de tanta beleza, furei a quarentena (com consciência pesada, assim como foi minha viagem ao Brasil, mas, a vida é feita de escolhas e consequências) e fiz esse rápido passeio que me deu energia para aguentar os desafios do isolamento dos dias vindouros. Eu não sei como vocês estão passando esses dias de pandemia (que já dura ano), mas eu desejo que vocês estejam bem, e que acima de tudo preservem a confiança. Às vezes vamos nos sentir patos, noutras cisnes, todos no mesmo lago azul e flutuante chamado Terra. Que seus dias tenham significância. Abraços.

17 comentários

  1. Que lugar lindo!!
    Que loucura né? Mas estamos caminhando, ainda que devagarinho!
    Espero que esteja bem também e que esse ano seja um pouco mais leve.
    No clima de boas notícias, hoje rolou a primeira vacina aqui em SP 🙂 Confesso que, apesar dos pesares, isso deu uma aquecidinha no coração!
    Beijos ❤️

    Curtir

  2. Oh Cris e fez muito bem. Dentro das medidas de segurança temos que continuar a respirar vida, foi o que fez. Trouxe vida aos nossos olhares e muita beleza.
    Sinto-me grata por poder ver tanta beleza.
    Uma boa semana e obrigada.

    Curtir

  3. O essencial é a família. Principalmente a família imediata, aquela que mora com um, nossos filhos, o companheiro, o pai ou a mãe que você admira ou a avó que você tanto adora. Pessoas com quem você compartilha medos, alegrias, decisões, que estão lá para lhe dar apoio e segurança. Companheiros com quem você pode ficar em silêncio sem fazer o silêncio parecer desconfortável. Nosso núcleo. Acho que não tem peso nem preço.
    As fotos são simplesmente fantásticas. Paisagens de sonho.
    Saudações e boa semana.

    Curtir

  4. Lindas fotos, Cristileine. Mas apenas as fotos. Eu, Odonir, jamais sobreviveria num cenário assim. Parabéns pela resiliência.

    Curtir

  5. “A neve vai derreter, a gratidão vai se unir com a terra…”
    Tão bonita esta ideia e imagem, Cris. E a terra bem precisa dessa gratidão!

    Aí, estão com neve; aqui, com algum frio e com um sol lindo… mas em casa estamos, mais uma vez, cumprindo rigorosamente e na esperança que seja a última vez…
    É esse o significado dos nossos dias. Viajando por dentro.
    Tudo de bom Cris!

    Curtir

  6. Oi Dulce,
    como diria John Lennon: eu tenho um sonho… que é esse da gratidão humana unir com a Terra. Enquanto isso, vamos nessa viagem por dentro.
    Tudo de bom para vocês também, cada dia estamos mais próximos da cura e isso é o que importa. Beijinhos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s