Xiu! Chi e chá

Bio falácias

Cansam

Dias orgânicos?

Em qual fazenda?

Ovos chocos

Até as rendeiras

Se renderam às novelas…

Lembro-me bem

Minha avó era benzedeira

E falava pouco

O homem veio do macaco?

Procuram por fatos

Que podem ser elucidados

Com a mão no coração

Diante de olhos e lábios fechados

Ontem a professora escreveu-me

Não aguenta mais blábláblá

O que há de consolar

A mãe que perdeu um filho?

Vãs palavras cansam

A vó e a jovem

Conhecem mais dessa Terra

Do que nós viventes

Todos os dias

As ondas batem nas falésias

E as encostas litorâneas

Tomam novas formas

Mas nossa visão é limitada

Por sombras e traves

Bom é ver o infinito

Mesmo diante do barulho

E dos desgastes

Mas relegamos o unicórnio

À infância perdida

Vou beber um chá

Falei demais

Estar quieto

É aqui estar

Boa noite

Bons sonhos.


  • Xiu = interjeição que significa pedido de silêncio
  • Chi (Qi) = energia vital, conceito vindo do Oriente
  • Chá = meu atual quebra gelo

4 comentários

  1. Característica do ser humano: palavras e sentidos. Todos têm estado com muita pressa, sem quererem ler, sentir, refletir. Pena.

    Curtir

  2. Sabe, Cristileine, meu blog resulta de fornadas de lirismo, ou seja, asso pães e bolos em palavras; enquanto escrevo ouço canções, busco minhas fotos etc. Muitos correm os olhos , apressadamente, por minhas postagens, não valorizando meus objetivos. É pena. Abraço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s