Do direito de existir

Formas de vida

Devidas formações

Divinas

No fundo

Amar

Pulsante

Nas flutuações

Itinerantes

À deriva

Formando

Seu direito de existir.

A Água

A marinha

O Maranhão

A Alemanha

Viva!


Essa postagem de hoje foi inspirada do Um Céu de Van Gogh, um blogue que eu gosto de seguir.

As fotos foram das últimas férias tiradas no Ozeaneum Deutsches Meermuseum

Fiquei pensando nas belezas impercetíveis do fundo do mar, do fundo do amar, e do direito que TODOS temos de existir, sendo vistosos ou não…


6 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s