Solidificando

Se pôs

O sol

Foi dizer pra semente

Hoje vi gente

Que pode brotar…

A semente preste a aflorar

Respondeu

Espero que não seja daqueles

Eus

Que só pensam na colheita

Semente amada

Todo dia visito

Do Brasil à Alemanha

O que vejo

São galáxias

Procurando se agrupar

Do mais

Nada apraz

Para nebulosas, poeiras e gases

Sem a força do elementar

Amar

Que vale o abrir dos olhos

Se não se poderás mais flutuar

no Mar Morto?

Que vale o tanto colher

se o acolher está morto?

Que vale o sol sem a Terra?

Que vale a alma sem o corpo?

Que vale um corpo morto

diante do sol?

Ser semente

Há mais gente

Há brilhar

Consente

O sol

e o edificar

Da vida.


Poema inspirado nessa postagem da minha amiga Anita no Insta.

6 comentários

  1. Sempre encantando com lindas palavras! Sua sabedoria me fascina! Agradeço seu carinho! Bjsss carinhosos 🙏🏼❤️🌻

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s