Desencanto – Manuel Bandeira

Manuel Bandeira (1886-1968), poeta, crítico literário e de arte, professor de literatura e tradutor brasileiro.

5 comentários

  1. Adoro Manuel Bandeira. Depois de Drummond, de Manoel de Barros, é meu poeta querido. Recordo-me perfeitamente do dia de sua morte em 1968.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s