Força menina

Vamos lembrar de Olhos Roxos, post de junho do ano passado, que fala sobre a violência doméstica.

Mais do que isso, fala da força da mulher que caminha além das marcas no corpo e alma, e, das marcações sociais.

Nós mulheres que cedemos o ventre e estamos presentes nas mais diversas criações e construções,

somos mais preciosas que as ametistas,

mais cheirosas que as lavandas,

mais delicadas que as violetas,

e procuramos sim a transmutação usando todo o poder da intuição.

Um viva a força feminina.

Força aí menina.



e-books por Cristileine Leão

As Pegadas do Jabuti

para crianças e para quem gosta de autoconhecimento


Flores cantam Poesias: fotografias e poemas

para apreciar a beleza

Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s