Bom apetite debaixo do sol

Estou rumo ao fim de férias, a qual finalmente pude sentir intensamente o gosto de sonho realizado. Gratidão é a palavra!

Entretanto, não estou numa bolha, estou na mesma esfera onde um humorista pede socorro por causa da depressão e cancela shows por isso; e uma jovem de 17 anos, assistente de um programa de TV, se mata por causa da depressão.

Whindersson Nunes (nome estranho como o meu) e Yasmim Gabrielle são mais uns na estatística na qual também sou um número.

Alguém pode dizer: Como assim, tem de tudo e reclamam? Não tem Deus? É frescura.

Do meu ponto de vista quero dizer, que a depressão pode receber todo e qualquer diagnóstico e julgamento, como sendo uma doença neurológica, um transtorno do humor, uma fraqueza de corpo ou de espírito. Seja lá como querem rotular…

O fato é que é um vazio que não desejamos para ninguém, muito menos para quem convive conosco, por isso nos sentimos tão pesados.

Hoje em tratamento, procuro válvulas de escape em tudo, tento estar no mundo da beleza, da contemplação e da gratidão. Só que para mim, isso é um exercício, não é algo que ocorre natural, e isso também pesa. A auto cobrança é esmagadora.

Hoje estou num lugar da Terra onde mais desejei estar, nas águas esmeraldas da Croácia. Hoje também li os noticiários e apesar de não conhecer e nem acompanhar o trabalho dessas pessoas que citei, sei exatamente o que ele sente e o que ela sentia.

Não há piada, fama, paisagem, comida, companhia que faz dissuadir esse espinho. Mas, temos que aprender a lidar com ele sem nos ferir e nem cortar os outros.

Você não entende o porquê ser assim. Você pensa, nossa poderia estar correndo atrás de sonhos, realizações, contentamentos, ajuda ao próximo, evolução espiritual, etc e tal. Mas, na verdade, está correndo atrás só de uma maneira de se segurar no próprio corpo… é horrível, mas é isso.

Então, quando encontra uma chance de esquecer dessa agonia e interagir com o meio ambiente, você pensa “eis a vida”. Uma oportunidade única onde todos os elementos e condições estão favoráveis para você estar aonde está.

Hoje vi o sol refletindo na água, ela brilhava intensamente como se o sol jogasse estrelas nela, e o vento soprava formando pequenas ondas levando as estrelas por todo lado. Ah se meus olhos estivessem sempre despertos para esses raios. Mas têm tempos que eles se fecham em vida. Assim, se você não tem depressão agradeça todos os dias.

Também compreendam que na natureza uns comem legumes pelo sabor, outros para serem saudáveis e têm aqueles que comem para não morrerem de fome…

Têm os carnívoros, os herbívoros, os onívoros e também têm aqueles que não se encaixam em classificações, todos são humanos procurando o bom apetite debaixo do sol.

<!–more–>

*As duas fotos são no mesmo lago em Plitvice Jezera, na Croácia. Tudo depende da incidência do sol e do ângulo.


FacebookInstagramYouTube
Siga-me nas redes sociais


Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

16 comentários

  1. É difícil lidar com sentimentos depressivos Se procurarmos ajuda profissional, o sol brilhará se estiver escondido sob a consciência. Uma reflexão sincera bem exposta. Como tomar nota das suas conclusões.

    Curtir

  2. Oi, Cris!
    Brava Cris! Te admiro, pela forma inteligente de driblar as adversidades da depressão. Mas cada um carrega a cruz que lhe é dada…
    Aproveita o resto das férias.
    Eu digo assim:
    O MUNDO
    No mundo eu vivo, no mundo eu penso,
    No mundo me distraiu, no mundo eu choro.
    Chorar lembra amar,
    Amar lembra falar,
    Falar lembra cantar,
    Cantar lembra ficar.
    Por isso eu choro, amo, falo e canto,
    Para viver no mundo de encanto.
    Beijos
    😘😍❤

    Curtido por 1 pessoa

  3. Lindo texto Cris! Admiro muito seu trabalho como escritora e Principalmente sua determinação para dar a volta por cima! Beijos querida

    Curtido por 1 pessoa

  4. Grata Dulce, admiro quem lê destas passagens mesmo não lidando com a depressão, pelo digno fato de se colocar no lugar do outro, ter mais informação e menos preconceito. Te admiro e respeito por isso💐

    Curtir

  5. Se há coisas que eu não digo Cris, é “desta água não beberei”. Por isso é importante estar informada e até tentar entender aquilo que aparentemente está longe de mim.
    A vida é tão mutável!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s