Intuição, a rota do talismã

Guardei um pequeno talismã

Na bainha da camisa branca

Esqueci esse segredo

Vivi intensamente

Uns dias

Outros

Nem tanto

Perdi a fé

Voltei para a maré

Questionei a razão

Foram tantas lavagens

Que perdi as contas

Nunca pensei chegar até aqui

Estendida

No varal da vida

Recolhida

Como ela agora

Roupa rota

Contudo

Sempre a rota

Do talismã.


Pessoal, tenho um pedido para vocês que estão adquirindo meu ebook na Amazon, ou, lendo-o pelo Kindle Unlimited, por favor, deixem suas avaliações lá após a leitura. Essa atitude colabora para o crescimento do escritor iniciante. Muito obrigada 🙋🏽‍♀️


Flores cantam Poesias

conheçam meu ebook aqui


Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s