Movimento de luz

REMEMORANDO


Vamos relembrar da Bailarina de Fogo – poesia feita em fevereiro do ano passado após eu ficar seduzida pelo movimento de luz feito por uma vela vermelha.

A chama dessa vida, quer dizer, dessa vela nos convidou para dançar e aceitamos.

É preciso muito cuidado para não nos queimar, é preciso muito molejo para nos virar, é preciso ficar atento na labareda.

Tendo a consciência de que um dia virá o sopro, então, chega de fazer cera de olhos abertos.

Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.