Fé.

A fé está no útero

Num pedaço de pão

Na maré/

A fé brinca com a fantasia

Num bambolê de bambu/

A fé está na luz

Também na escuridão/

A fé está na manhã

Na chuva que cai no sertão/

A fé está viva e sã

Também está pra morrer

No canto da solidão/

A fé vai onde se quer

A pé ou de avião/

Mesmo à quem não tem fé

A fé costuma seguir

Insiste nesse existir/

Pelo sim

Pelo não

Pelo apelo/

Há fé.

Este trabalho está licenciado uma Licença

Creative Commons

Atribuição 4.0 Internacional

13 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.