Zero e um.

Já existiu o zero?

Como assim?

Oras se estamos em 2018 já teve o zero, sei que teve.

Dei-lhe uma daquelas respostas convencionais do antes e depois de Cristo.

Expliquei brevemente sobre as civilizações antigas, os egípcios, os persas, os gregos…

Disse que disse e disse, quase nada foi captado, ou melhor, não foi uma resposta convincente.

Depois de muito falar, fiquei eu com uma questão:

O zero é o que demarca uma nova civilização?

Antes que me viesse na mente as tais respostas prontas e repetidas por eras, as respostas criacionista ou evolucionista, fiquei brincando de era uma vez…

O sol é zero

A Terra é zero

No universo há zeros alinhados

A lua é zero que derrete e se refaz

O mar borbulha em zeros mil

O miolo da flor é zero também

Já eu e você somos só mais

Um.

Este trabalho está licenciado uma Licença

Creative Commons

Atribuição 4.0 Internacional

8 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.