Flor de mel.

Flor de Mel / Aliso.

Ela flor de mel

Eu ser politizado

No seu odor

Sou remetida

Ao sabor

Do universo

Enquanto olho

Minhas asas cortadas

Sou instigada

À voar

Sendo que só sei brotar

Sonhos

Pairando no ar

Na procura

De narinas para suportar

O doce

Tão atrativo

Tanto quanto enjoativo

Assim vivo

Entre jardins e olhares

Exalando

Dor e amor

Polinizando estigmas

A cada Primavera

Entre maciços e bordaduras

Impregnados estamos

De inflorescências.

Este trabalho está licenciado uma Licença

Creative Commons

Atribuição 4.0 Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.