Depuração.

Mastigo

O que não dá para mitigar

Nenhum dos nobres motivos

Pode justificar

O brio, o cio, o curto pavio

Qualquer forma de poderio

Que serve para sufocar

Todavia,

Toda vida nessa luta

De armas injustas

Aprendi a mastigar

Sabor indigesto

Detesto

Também sei vomitar

Aos poucos te vejo

Com balde na mão

Também sabes limpar

Máculas de opressão

Rastros de submissão

Depuração se faz em par

Na química convivência.

〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️

Atrás da violência se esconde a carência. Vivemos numa sociedade que pouco se propaga o valor da afetividade. Assunto que ao meu ver deveria ser matéria desde o pré escolar. Amor próprio e ao próximo deveria ser o principal legado à transmitir para nossas crianças. Abaixo segue explicações da visão filosófica sobre o que é a carência afetiva, um dos principais motivos de tantos lamentos, indiferenças e crimes.

Vídeo produzido pela instituição Nova Acrópole, com palestra de Lúcia Helena Galvão, divulgado dia 09 de agosto se 2018, duração de 50 minutos.

Este trabalho está licenciado uma Licença

Creative Commons

Atribuição 4.0 Internacional

9 comentários

  1. É verdade! Não só na escola. Teria q ser um exercício realizado ao mesmo tempo em cada, na escola, no clube, na rua….
    Pq a escola trabalha, e chega em casa não há afetividade, e vice-versa. Vai ao clube fazer um desporto, e nem os pais na torcida dão exemplo.
    Mais é isso, falar, falar, falar sobre o assunto.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Uau!
    Mastigar o que não para mitigar é um dos motivos da insônia – Adorei, é forte, intenso, verdadeiro e poético.
    Beijos,
    G.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.